Siga-nos

Box

Cadê o pódio na TV?

Na quarta dobradinha da Mercedes no ano, no GP do Azerbaijão, Globo muda esquema e transmite pódio apenas na internet – em uma troca que faz parte de um projeto maior do grupo carioca e que causou a ira de alguns fãs

window.uolads.push({ id: “banner-300×250-area” });

O GP do Azerbaijão, a quarta etapa da temporada de 2019 da Fórmula 1 e realizada neste domingo, 28, trouxe duas marcas. A primeira é que a Mercedes alcançou a quarta dobradinha no ano, superando o feito da 'Williams de outro planeta' de 1992, que fez o chamado 1-2 nas três primeiras etapas. A segunda é que a Rede Globo, que tem os direitos de transmissão da categoria no Brasil, cortou a exibição ao vivo antes do pódio, que foi exibido exclusivamente na internet.

O corte ao fim da prova não é uma novidade e já aconteceu, de forma isolada, no passado. A diferença é que a mudança agora faz parte de um projeto maior, conhecido como “Uma Só Globo” – e que esbarra nas ações feitas pelo Liberty Media, o grupo dono da F1, nos últimos anos (leia com detalhes mais abaixo).

A primeira novidade do dia foi que o GloboEsporte.com, site de notícias e coberturas esportivas do mesmo grupo da emissora, transmistiu uma pré-hora da corrida liderada pelo mesmo time da TV – narração de Luís Roberto e comentários de Reginaldo Leme e Luciano Burti. Os três assumiram o sinal do canal aberto um pouco depois das 9h da manhã, no horário oficial de Brasília, com a volta de apresentação sendo iniciada pontualmente às 9h10. A prova em Baku continuou normalmente, até quase 11h da manhã.

No Brasil, só viu a comemoração de Bottas quem estava ligado no GloboEsporte.com

A partir daí, o sinal da maior categoria do automobilismo mundial continuou apenas pela internet, novamente no GloboEsporte.com, que exibiu as entrevistas com os pilotos e o pódio propriamente dito.

A política, que deve se tornar o padrão no resto de 2019 e está alinhada também com mudanças feitas neste início de transmissão do Campeonato Brasileiro de futebol, causou a irritação de diversos fãs no Twitter — enquanto alguns lembraram que a atitude pode ser um reflexo do domínio da Mercedes e que outras categorias, em emissoras concorrentes, recebem o mesmo tratamento ou pior

© 1995 - 2020 - GrandePremio.com.br - Todos os direitos Reservados.

Connect