Siga-nos

Box

Como foi o GP do Brasil por quem fez a corrida

A história de um título, mas com um outro protagonista e com um coadjuvante que rouba a cena — assim é o relato da corrida em Interlagos por meio das postagens feitas nas redes sociais por pilotos, equipes e a própria F1!

A Mercedes é a campeã do Mundial de Construtores da Fórmula 1. Cinco títulos seguidos, uma marca impressionante, que só aconteceu uma única outra vez na história da categoria. No entanto, o protagonismo da corrida do título não foi exatamente prateado…

Neste domingo, 11, o GP do Brasil de F1 tinha um outro grande nome: Max Verstappen. O holandês e a Red Bull vinham com um desempenho sólido e uma estratégia que certamente lhes dariam a vitória. Porém, após colocar pneus supermacios e andar bem mais rápido que o primeiro colocado, Esteban Ocon foi tentar descontar a volta que estava atrás… E a Force India do francês acertou o Red Bull #33.

Desastre: Verstappen não só caiu para segundo, como teve vários danos no carro. Se o protagonismo da corrida do título da Mercedes tinha tudo para ser de Max, Ocon surgiu como aquele antagonismo que, querendo ou não, acaba chamando toda a atenção para si.

No final, a vitória caiu no colo de Lewis Hamilton. A décima no ano.

Quer saber todos os detalhes desse roteiro que, por mais que não seja do Cinema Novo, aconteceu em São Paulo? Então confira tudo o que rolou durante o GP por meio das postagens feitas nas redes sociais por equipes, pilotos e a própria F1!
 

Pré-GP

Os preparativos para a corrida!

 

© 1995 - 2020 - GrandePremio.com.br - Todos os direitos Reservados.

Connect