Siga-nos

Conta-giro

Fórmula 1 fora de contexto

As redes sociais ditam os rumos da sociedade contemporânea e a Fórmula 1 não poderia ficar fora dessa. Mas não falamos, aqui, dos meios tradicionais, cuidados pela categoria: e, sim, das páginas que conseguem compilar os momentos mais engraçados. Sim, falamos da Fórmula 1… Fora de contexto!

Daniel Ricciardo paga de DJ (Foto: Reprodução)

Entender o que acontece na Fórmula 1 é fácil se você lê sites (alô, Grande Prêmio!) e jornais que falam da categoria; se assiste aos GPs; e se acompanha as redes sociais dos pilotos, equipes e as que a própria F1 cuida.

Mas tudo isso junto forma um cenário: o tradicional, o padrão, aquele que a F1 quer que o público tenha acesso – tirando um caso ou outro. Se você quer humor, é preciso ir um pouco além.

É preciso tirar a Fórmula 1 de contexto.

Não é todo dia que o chefe da Ferrari fica esperando resgate na beira da rodovia

Duas páginas vêm se destacando neste meio – uma no Youtube, uma no Twitter. Ambas se chamam “F1 Out of Context” – claro, “Fórmula 1 fora de contexto”, em tradução livre. São páginas que pegam momentos curiosos da categoria e os isolam, aumentando a chance de se tornarem engraçados, sem sentido, municiando a galhofa.

Na do Youtube, os 54 mil inscritos nem fazem cócegas na real audiência dos vídeos – vários passam de 200 mil, 300 mil, ou beiram os 500 mil, como este abaixo, de Nico Hülkenberg perguntando aos membros da Renault se estava ouvindo Madonna ou Kylie Minogue:

Para a informação do leitor: era Madonna, com ‘Hung Up’

O GRANDE PREMIUM conversou com o criador, que prefere se manter anônimo, pelo e-mail que ele cede aos fãs para receber os trechos engraçados de vídeos – que não são monetizados, afinal se ele faturasse em cima, a F1 derrubaria tudo, tenha certeza disso.

Como ele encontra tais trechos?, é a óbvia primeira pergunta: “Muito, mas muito tempo em redes sociais caçando em plataformas como Twitter, Facebook, Instagram, Reddit, etc. Nada especial, só demanda muito tempo para achar o que eu acredito que se transforme num bom clipe e que faça sentido em um canal com esse nome.”

“Pode demorar 15 minutos, ou pode demorar três horas, ou pode demorar dias…”, explica.

Ah, sim: este chegou a um milhão de views. Não é pouca coisa, certo?

Não que para que rir seja necessário imagens de alta qualidade, mas ele tenta entregar o melhor possível: “Tento, claro, subir os vídeos em boa qualidade, tento evitar qualquer coisa com menos de 480p. Isso demanda ainda mais tempo, já que tento ter certeza de que publiquei a versão com a melhor qualidade possível de tal clipe, geralmente tentando pegar da fonte original.”

“Comecei o canal com o objetivo de colocar em uso alguns dos vídeos que eu achei enquanto procurava coisas sobre Nico Rosberg para um Twitter que faço, lá já tinha um ‘F1 Out Of Context’ rolando. Então coloquei no Youtube. Enquanto alguém sorrir com eles, valerá a pena”, concluiu o anônimo que, com certeza, tem muito fãs.

Charles Leclerc não curte cobras

Ele voltará a fazer faculdade e muito da página tinha a ver com tempo livre (“Nunca pensei que ia chegar a 50 inscritos, quem diria 50 mil. Espero continuar por mais um tempo e quem assiste me motiva”). Mas, caso o anônimo pare, há outra fonte de risadas de fácil encontro: a citada ‘F1 Out Of Context’ do Twitter.

Este ao menos deu o primeiro nome ao GRANDE PREMIUM: o dono se chama Michael, e mora em algum lugar do Leste Europeu.

A página surgiu em 2019, inspirada em uma de futebol com o mesmo objetivo, e já reúne 42 mil seguidores. Michael é fã da F1 desde 2010, e teve Sebastian Vettel, Michael Schumacher, Mark Webber, Lewis Hamilton e Robert Kubica, entre outros, como responsáveis pela paixão de 10 anos atrás.

“Não passo muito tempo pesquisando por conteúdo, às vezes gasto 15 minutos em um dia, às vezes três horas. Eu tento assistir toda sessão da Fórmula 1, então gasto mais tempo em finais de semana de corrida”, conta Michael.

Diferentemente do dono da página de vídeos, ele diz que esperava ter tantos seguidores: “Mas eu sabia que teria de trabalhar muito duro para conquistá-los. E estou sempre feliz com os milhares de seguidores, ou com qualquer tweet que acabe viralizando.”

Um dos momentos favoritos já postados por ele é este abaixo:

“A Mercedes me citou e me seguiu por esta publicação, então foi uma boa promoção para mim”, diz.

Alguns, inclusive, viralizam sem muita necessidade de explicação:

“Valtteri Bottas tem plano secreto para bater Lewis Hamilton em 2020” – certo…

Se já foi citado por uma equipe, nunca foi por pilotos, mas Charles Leclerc e George Russel costumam curtis postagens. “Eu gostaria de ser citado por Max Verstappen ou Fernando Alonso, acredito. Gosto deles como pilotos e eles também têm uma base de fãs muito grande.”

“Minha página é para diversão, e eu acho que o público sente isso. Respeitamos todos os pilotos, sem ódio a nenhum deles”, finalizou Michael.

My page is made for fun, so, I think, people fell it too. We dont hate no one here and like and respect all of the driver

Lando Norris escolhe Lando Norris como piloto que mais impressiona em 2020

© 1995 - 2020 - GrandePremio.com.br - Todos os direitos Reservados.

Connect