Siga-nos

Lado a Lado

Caminho do Hepta

Lewis Hamilton está muito próximo do sétimo título. No Lado a Lado desta semana, relembramos os números do britânico e de Michael Schumacher nas campanhas do hepta

Lewis Hamilton tem chance de conquistar o hepta na Turquia (Foto: AFP)

No GP da Turquia, Lewis Hamilton tem a chance de igualar Michael Schumacher e se tornar heptacampeão mundial de Fórmula 1. Basta chegar à frente do companheiro de equipe Valtteri Bottas para conquistar o sétimo título na categoria.

Assim como em 2020, o 2004 de Michael Schumacher também foi marcado pelo domínio absoluto do campeonato. Nesta semana, o Lado a Lado compara a trajetória dos dois pilotos em suas respectivas temporadas até a conquista matemática do sétimo título (no caso de Hamilton, o primeiro match-point).

Michael Schumacher teve um ano quase impecável (Foto: Ferrari)

A campanha de Michael Schumacher no caminho para o heptacampeonato foi praticamente impecável. O alemão levou a Ferrari ao lugar mais alto do pódio nas cinco primeiras corridas do ano, disputadas na Austrália, Malásia, Bahrein, San Marino e Espanha. Nas ruas de Mônaco, amargou o primeiro e único abandono do ano após acidente com Juan Pablo Montoya durante o período de safety-car.

O revés em Monte Carlo só deixou Schumacher mais forte. Depois disso, foram vitórias nos GPs da Europa, Canadá, Estados Unidos, França, Inglaterra, Alemanha e Hungria, dando a primeira oportunidade de match-point no GP da Bélgica, onde fechou em segundo e garantiu a taça.

Schumacher até o hepta:
Corridas: 14
Vitórias: 12 (85,7% da temporada)
Pontos: 120 (318 em conversão para o formato atual)
Poles: 7
Voltas mais rápidas: 9
Pódios: 13 (92,8% da temporada)

Lewis Hamilton está próximo do título (Foto: AFP)

Apesar de começar a temporada com punição e fora do pódio, Lewis Hamilton tratou de emendar três vitórias nos GPs da Estíria, Hungria e Inglaterra, se consolidando na liderança do Mundial. O revés no GP dos 70 Anos, vencido por Max Verstappen, serviu para mais vitórias dominantes em Espanha e Bélgica.

Na Itália, caminhava para outro triunfo fácil, mas punido, terminou em sétimo. Venceu na Toscana, sofreu outra punição que evitou vitória na Rússia, e emendou uma grande sequência de vitórias em Eifel, Portugal e Emília-Romanha, ganhando o primeiro match-point para o GP da Turquia. 

Hamilton no caminho do hepta:
Corridas: 13
Vitórias: 9 (69,23% da temporada)
Pontos: 282
Poles: 9
Voltas mais rápidas: 6
Pódios: 11 (84,61% da temporada)

© 1995 - 2020 - GrandePremio.com.br - Todos os direitos Reservados.

Connect