As notas do GP da Itália de 2018

O GP da Itália foi decidido por uma mistura de pilotagem e estratégia, e ninguém foi melhor nisso do que Lewis Hamilton e Mercedes. O britânico recebeu a melhor nota do fim de semana, superando Kimi Räikkönen por pouco. Fernando Alonso foi considerado o pior em Monza

Gabriel Curty, de São Paulo &
Vitor Fazio, de Porto Alegre

O GP da Itália deste fim de semana voltou a trazer atuações bem distintas entre os pilotos. Em uma corrida marcada por uma disputa das mais acirradas entre Mercedes e Ferrari, foi uma combinação de braço com estratégia que definiu quem iria ao alto do pódio.

Nessa combinação de pilotagem com estratégia, não houve quem pudesse superar Lewis Hamilton. O britânico fez uma corrida cerebral e derrotou Kimi Räikkönen. Não por acaso, o britânico leva a nota mais alta do Ranking GP desta semana: um 9.5, próximo da perfeição. Para o finlandês, que teve um de seus melhores fins de semana dos últimos tempos, também foi agraciado com uma bela nota 9.0.

Sebastian Vettel, que jogou fora as chances de vitória ao tocar Hamilton e rodar, foi punido com uma de suas piores notas de 2018. O mesmo vale para Fernando Alonso, que teve um fim de semana digno de esquecimento por incidentes e quebras mecânicas, foi considerado o pior piloto do fim de semana.

As notas do Ranking GP são calculadas através de avaliações de Gabriel Curty, Pedro Henrique Marum e Vitor Fazio, do GRANDE PREMIUM.

Quer ler esta matéria na íntegra?